4 de out de 2009

A MÚSICA DOS GENES...

Trabalho desenvolvido por Gil Alterovitz, doutorado em Engenharia Eléctrica e Biomédica pela Faculdade de Medicina da Universidade de Harvard e pela Divisão de Ciências e Tecnologias da Saúde do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (em inglês, Massachusetts Institute of Technology, MIT).
Este investigador desenvolveu, utilizando métodos Bayesianos uma ferramenta de análise estatística de bases de dados bioquímicos e criou uma aplicação bioinformática que gera sons e gráficos coloridos, quais arranjos orquestrais acompanhados por fogo de artifício, a partir da informação do tráfego de proteínas que interagem entre si em milhares de vias metabólicas intracelulares . Estas vias, quais leitos por onde flui a informação codificada nos genes até à foz de uma qualquer função fisiológica, formam uma astronomica rede de interações interdependentes entre proteínas e metabolitos, permitindo à célula um controle fino dos processos vitais.
Veja aqui


0 comentários: