31 de jul de 2009

O QUE É UM BOKODE?

Os códigos de barra são absolutamente indispensáveis na economia atual. Sua simplicidade e baixo custo têm garantido uma hegemonia que já dura décadas. E não é por falta de alternativas e nem de concorrentes diretos. Há vários candidatos tentando substitui-los, em uma corrida na qual as etiquetas inteligentes RFID parecem ter a dianteira.

Transmissão óptica de informações

Essa corrida agora ganhou mais um competidor. Cientistas do MIT apresentaram o seu Bokode, uma forma totalmente nova de codificar informações opticamente. Assim como as etiquetas RFID, o Bokode tem capacidade para armazenar uma quantidade de informações muito maior do que os códigos de barra tradicionais. Basicamente, há três formas de transferir dados opticamente: através de uma imagem tradicional, usando um espaço bidimensional; através de variações temporais - como em um filme, onde se usa o tempo como uma dimensão -; e por meio de variações no comprimento de onda da luz - técnica utilizada nas comunicações por fibras ópticas para compartilhar uma única fibra entre vários canais com informações distintas.

O Bokode se destaca de todos esses mecanismos e vai na direção dos hologramas. Ele codifica os dados na dimensão angular. O brilho dos raios de luz que emergem do dispositivo varia dependendo do ângulo desses raios em relação ao plano de visão. Segundo Ramesh Raskar, coordenador do laboratório onde o Bokode foi criado, parece que ninguém havia usado essa técnica antes. "Havia três formas de codificar opticamente uma informação e agora nós temos mais uma," diz Raskar.

Holograma 2.0

Um Bokode tem 3 milímetros de diâmetro, o suficiente para conter uma quantidade de informações muito superior à que pode ser codificada em um código de barras bidimensional comum.O protótipo precisa de uma fonte e de um LED para funcionar, o que mostra que ainda há desenvolvimento a se fazer se o objetivo é de fato concorrer com os códigos de barra. Segundo os pesquisadores, eles já estão trabalhando em uma versão reflexiva, similar às imagens holográficas existentes em cartões de crédito, que poderão ser menores e mais baratos. "Nós estamos tentando torná-los praticamente invisíveis mas, ao mesmo tempo, fáceis de ler com uma câmera digital comum, mesmo com a câmera de um celular," disse Ankit Mohan, principal responsável pela criação do Bokode.

Bo o quê?

O nome Bokode vem de bokeh um termo técnico em japonês na área de fotografia, que se refere à mancha circular produzida por uma imagem de uma fonte de luz feita fora de foco. "Code" refere-se a código, como em "barcode", código de barras. Ao contrário dos códigos de barra, as novas etiquetas ópticas podem ser lidas à distância de vários metros. E, ao contrário dos scanners a laser utilizados hoje, o Bokode pode ser lido por uma câmera comum de baixa resolução. A versão atual do Bokode usa uma câmera fora de foco para leitura, permitindo que a informação codificada angularmente seja detectada a partir da imagem borrada. O dispositivo também pode ser lido por uma câmera comum com o foco configurado para infinito. Mas, chegando bem perto, as informações podem ser visualizadas mesmo a olho nu.

VEJA AQUI

TAXA DE ATAQUE DO H1N1 EM SARANDI....

Veja como está a situação: PLANILHAS - CÁLCULOS DE TAXA DE ATAQUE POR MUNICÍPIO - INFLUENZA A (H1N1) CONSIDERANDO OS DIVERSOS CENÁRIOS PANDÊMICO.

Regional de Saúde / Município População Residente TAXA DE ATAQUE
OTIMISTA MODERADO PESSIMISTA
Maringá 712.623 106.893 249.418 313.554
Ângulo 2.893 434 1.013 1.273
Astorga 25.163 3.774 8.807 11.072
Atalaia 3.637 546 1.273 1.600
Colorado 21.791 3.269 7.627 9.588
Doutor Camargo 5.752 863 2.013 2.531
Floraí 5.158 774 1.805 2.270
Floresta 5.413 812 1.895 2.382
Flórida 2.541 381 889 1.118
Iguaraçu 3.918 588 1.371 1.724
Itaguajé 4.594 689 1.608 2.021
Itambé 6.080 912 2.128 2.675
Ivatuba 2.782 417 974 1.224
Lobato 4.399 660 1.540 1.936
Mandaguaçu 19.269 2.890 6.744 8.478
Mandaguari 33.108 4.966 11.588 14.568
Marialva 31.395 4.709 10.988 13.814
Maringá 335.512 50.327 117.429 147.625
Munhoz de Melo 3.713 557 1.300 1.634
Nossa Senhora das Graças 4.056 608 1.420 1.785
Nova Esperança 26.592 3.989 9.307 11.700
Ourizona 3.374 506 1.181 1.485
Paiçandu 36.879 5.532 12.908 16.227
Paranacity 9.946 1.492 3.481 4.376
Presidente Castelo Branco 4.938 741 1.728 2.173
Santa Fé 10.353 1.553 3.624 4.555
Santa Inês 1.879 282 658 827
Santo Inácio 4.954 743 1.734 2.180
São Jorge do Ivaí 5.386 808 1.885 2.370
Sarandi 84.650 12.698 29.628 37.246
Uniflor 2.498 375 874 1.099

ALIMENTOS ORGÂNICOS TEM BENEFÍCIOS?....

Os alimentos orgânicos não apresentam benefícios nutricionais ou para a saúde superiores aos alimentos comuns, concluiu um estudo divulgado nesta quarta-feira (29).
Pesquisadores da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres disseram que os consumidores estão pagando preços mais altos por alimentos orgânicos devido a seus supostos benefícios para a saúde, criando um mercado global de orgânicos que movimentou US$ 48 bilhões em 2007.
Mas uma revisão sistemática feita em 162 artigos científicos publicados nos últimos 50 anos não constatou diferença significativa entre os alimentos orgânicos e os outros.
"Constatou-se que existe um número pequeno de diferenças em teor de nutrientes entre os alimentos orgânicos e os que são produzidos convencionalmente, mas que é pouco provável que elas tenham relevância em termos de saúde pública", disse um dos autores do relatório, Alan Dangour.
"Nossa revisão indica que não existem no momento evidências que fundamentem a escolha de alimentos orgânicos em detrimento dos alimentos convencionalmente produzidos, com base na superioridade nutricional de uns sobre outros."
Os resultados da pesquisa, que foi encomendada pela Agência de Padrões de Alimentos do governo britânico, foram publicados no "American Journal of Clinical Nutrition".
As vendas de alimentos orgânicos vêm caindo em alguns mercados, incluindo o Reino Unido, na medida em que a recessão vem levando os consumidores a reduzir suas compras.
A Associação dos Solos disse em abril quem em 2008, após uma queda na demanda no final do ano, as vendas de produtos orgânicos na Grã-Bretanha cresceram apenas 1,7%, muito abaixo do índice de crescimento anual médio de 26% verificado nos últimos dez anos.
veja aqui

30 de jul de 2009

EDUCAÇÃO DE QUALIDADE SÓ EM 2256....

O Brasil vai levar 247 anos para alcançar um nível de qualidade na educação equivalente ao oferecido por países de médio e alto desenvolvimento. É extremamente baixa a velocidade com que os governos federal, estaduais e municipais implementam medidas de melhoria da aprendizagem, e a escola ruim – chata e pouco útil – vem expulsando multidões de estudantes.

Estes dois dados aparecem num estudo que o Instituto Ayrton Senna acaba de divulgar.

As taxas de aprovação e redução do abandono estão melhorando, “mas a velocidade é muito baixa”, aponta Viviane Senna. O desempenho também melhora em algumas áreas, mas o ritmo é ainda mais lento. “Em Matemática, estamos andando para trás.”

O que se vê na avaliação de desempenho dos alunos do ensino fundamental é desalentador. “Em Português, somente 2 em 10 alunos sabem o que precisam saber em suas séries; em Matemática, apenas 1 em 10″, informa Viviane.

Estes alunos são enrolados por escolas que sofrem de falhas graves na gestão de seus poucos recursos e por professores que não foram capacitados para oferecer um processo de aprendizado.

“Na escola ruim, aprende-se pouco”, e o círculo vicioso envolve crianças e adolescentes num desgaste contínuo. “Leva-se até 4 anos para fazer uma única série”, lembra Viviane. Até que o estudante simplesmente desista daquela rotina sem sentido.

Se a escola pública brasileira fosse um trem rumando em direção ao nível de escolaridade da OCDE (grupo de países de médio e alto desenvolvimento econômico e social), chegaria ao seu destino com menos da metade dos passageiros. Na lenta viagem, cerca de 20% abandonariam os vagões com 3 ou 3,5 anos de escola.

É Viviane quem faz a imagem desse comboio moroso: “Esses 20% desembarcam já na ‘Estação Tanzânia”, diz ela, referindo-se ao nível de escolaridade daquele país e de outros, como o Haiti. Outros 20% descem na ‘Estação Nicarágua’, com 4,5 anos de escolaridade, enquanto mais 20% saltam na ‘Estação Argélia’, com 5,5 anos.

Menos de 5 em cada 10 estudantes brasileiros matriculados na escola pública de acesso ‘universalizado’ chegam à 8ª série, e somente 3 concluem o ensino médio. “Fizemos a universalização do acesso, mas não da conclusão e do sucesso.” Isso significa, segundo Viviane, que “a educação continua sendo para poucos e, portanto, o País ainda é para poucos”.

Não acredita veja aqui

SEED SUSPENDE AULAS....

A Secretaria de Estado de Educação do Paraná (SEED) informou que as aulas das escolas da rede pública estadual estão suspensas a partir desta tarde de quinta-feira (30/07). A medida está sendo adotada como forma de prevenção à gripe A (H1N1). As aulas dever ser retomadas no dia 10 de agosto.

29 de jul de 2009

2012...

Cronobiograma Feminino....

De 1 aos 5 anos: A mulher não tem a mínima idéia do que ela é.

Dos 5 aos 10 anos: Sabem que são diferentes dos meninos, mas não entende o porquê.

Dos 10 aos 25 anos: Sabem exatamente por que são diferentes, e tiram proveito disso.

Dos 25 aos 30 anos: Nesta fase formam-se 5 grupos distintos:
Grupo 1: As que casaram por dinheiro;
Grupo 2: As que casaram por amor;
Grupo 3: As que não se casaram;
Grupo 4: As que simplesmente casaram;
Grupo 5: As inteligentes.

Dos 30 aos 35 anos:
Grupo 1: descobrem que dinheiro não é tudo na vida, sentem falta de uma paixão;
Grupo 2: descobrem que paixão não é tudo na vida, sentem falta do dinheiro;
Grupo 3: não importa o dinheiro e a paixão, sentem falta mesmo é de um homem;
Grupo 4: não entendem por que casaram;
Grupo 5: descobrem que ser inteligente não é tudo na vida.

Dos 35 aos 40 anos: Sabem exatamente onde erraram e tingem o cabelo de loiro. Vão para a academia.

Aos 40 anos: Procuram ajuda espiritual.

Dos 40 aos 45 anos: Abandonam a ajuda espiritual e procuram ajuda médica, com analistas e cirurgiões plásticos.

Dos 45 aos 50 anos: Graças aos cirurgiões sua bunda e barriga voltam ao normal, seus peitos ficam melhores do que eram e explode em paixão pelo analista.

Após os 50 anos: FINALMENTE SE DESCOBREM, SE ACEITAM E COMEÇAM A VIVER! Mas aí vêm a osteoporose, o reumatismo, o diabetes…
Author: Harinson HLB

27 de jul de 2009

Super Size Me....

Um americano se alimenta de lanches do McDonalds, por 30 Dias! Veja o resultado da McDieta Feliz!


O FAMOSO H1N1...






















Este é o famoso vírus da gripe A. A influenza A (H1N1), mais conhecida como gripe suína, vem registrando milhares de casos ao redor do mundo e tomou as proporções de uma pandemia. A doença vem sendo causada por um vírus composto por segmentos dos genes humano, da ave e do porco. É a primeira vez que esta combinação genética ocorre.
A gripe suína se parece com a gripe normal. O indivíduo tem dor de cabeça, dores musculares e nas juntas, ardor nos olhos, febre acima de 38ºC e início abrupto. Parte das pessoas que contraíram a doença tiveram diarréia, isso não é muito comum na gripe, mas pode acontecer.
Professores algumas medidas de prevenção:

Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável.
Evitar locais com aglomeração de pessoas.
Evitar o contato direto com pessoas doentes.
Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.
Evitar tocar olhos, nariz ou boca.
Lavar as mãos frequentemente com sabão e água, especialmente depois de tossir ou espirrar.
Em caso de adoecimento, procurar assistência médica e informar história de contato com doentes e roteiro de viagens recentes a esses países.

FONTE: Núcleo Educacional Científico


25 de jul de 2009

TRANSPORTE ESCOLAR....

(Ag. Senado) - Projeto de lei (PLS 240/08) do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) que isenta de tributos os veículos destinados ao transporte escolar tramita em caráter terminativo - que dispensa a análise pelo Plenário - na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). A matéria recebeu, no início deste mês, parecer do senador Gim Argello (PTB-DF) favorável à aprovação. O texto, já aprovado na Comissão de Educação (CE), prevê a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), da Contribuição para o PIS/Pasep e da Cofins que incidem sobre a venda de veículos para transporte coletivo de estudantes.
A proposta concede o benefício fiscal para veículos adquiridos por prefeituras municipais e pelo Distrito Federal, bem como por profissionais autônomos e suas cooperativas habilitados e dedicados exclusivamente ao transporte escolar.
Na justificativa da matéria, Álvaro Dias considera especialmente grave a situação do transporte de estudantes infantis em áreas rurais que é feito, muitas vezes, sem condições mínimas de conforto e enfrentando rede de estradas vicinais nem sempre bem conservadas ou suficientemente capilarizadas.
"O problema [do transporte escolar], que é grave nas grandes cidades, ganha conotação de dramaticidade nas zonas rurais. Nestas o problema é proporcionar ensino fundamental a menores residentes em áreas rurais dispersas e mal servidas por estradas de bom padrão", diz o senador.
Ele observa ainda que, do ponto de vista do rendimento escolar, "é melhor polarizar o ensino em algumas escolas, com melhor estrutura e corpo docente, do que manter núcleos escolares pequenos e mal servidos em pontos isolados".
fonte: gazeta de novo

24 de jul de 2009

Dieta mais verde....
















Pense sobre o que você comeu no almoço: Era um Hamburger? Um sanduíche de galinha? Assado? Era vegetais? Você ficaria surpreso em aprender, que o que você come pode afetar o planeta inteiro?
Na semana passada, os cientistas que atendem à associação americana para o avanço da ciência em Chicago, apresentaram novos estudos que mostram como os alimentos e sua produção afetam o aquecimento global. Este foi um texto para a prova de Línguas estrangeiras do vestibular de inverno da UEM...
O texto está aqui...

GRIPE A x GRIPE COMUM...

23 de jul de 2009

A ESCOLA É CHATA....

Baseado na pedagogia da diversidade...


A ESCOLA SERVE PRA QUE?...

Um trailer do documentario sobre a função social da escola ou a escola serve pra que? Entrevistas com representantes do poder público, mães, pais, diretores, professores do Piaui e a sociedade em geral. Faça a comparação com o Estado do Paraná....

22 de jul de 2009

SERÁ A MARCA DE DEUS?.....

21 de jul de 2009

Sarandi não é lixo...


















A questão do lixo está séria em Sarandi, será que esses políticos depois do movimento de hoje a tarde, não mostram um pouco de dignidade para com seus eleitores. Paciência tem limites...




Combinação de alimentos pode ser desastrosa...

Entre os cinco sabores, o salgado, o doce e umami (sabor de carne) são apetitosos, despertando nosso paladar para os nutrientes essenciais, enquanto que o amargo e o azedo são aversivos alertando sobre substâncias potencialmente perigosas à saúde.
Segundo Tim Jacob, professor de biociências da Cardiff University, País de Gales, misturar sabores que provocam aversão e apetência significa enviar informação conflitante ao cérebro. Os sentidos tentam evitar o conflito enquanto enviam ao cérebro informação útil para preservar a vida. É esse sinal misturado que nos faz rejeitar alimentos deteriorados. Você não quer comer uma mistura de bom e ruim.
Talvez essa divergência de paladar tenha dado origem à frase “adoçando a pílula”, pois pílulas são remédios e em grandes quantidades, podem se tornar venenosos. Por isso as pílulas são amargas, mas podem se tornar mais palatáveis se cobertas com uma camada adocicada. Da mesma forma, o sabor do café pode ser melhorado para pessoas sensíveis ao amargo camuflando seu sabor forte com leite, creme ou açúcar.
Quando nos tornamos adultos aprendemos a desprezar esses avisos do cérebro e passamos a gostar de café, alho, e queijos fortes. Mas você pode confundir seu paladar misturando um sabor anteriormente aversivo com um apetitoso. Tenha cuidado com algumas misturas como picles e chocolate. No entanto, às vezes é possível tirar proveito dessa confusão mental: o doce e o azedo, por exemplo, combinam muito bem na culinária chinesa.
veja aqui...

17 de jul de 2009

Refrigerantes diet apresentam problemas....

























clique na imagem para ampliar
A Pro Teste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) testou 24 refrigerantes e em 7 deles encontrou benzeno. Ele surge da reação de um conservante, o benzoato de sódio, com a vitamina C.
Os 7 refrigerantes que apresentam concentração de benzeno são: Sukita Zero, Fanta Light, Dolly Guaraná, Dolly Guaraná Diet, Fanta Laranja, Sprite Zero e Sukita.
Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), não há limite seguro para ingestão dessa substância.

Vinagre mantém os níveis baixos de gordura corporal...

Cientistas japoneses fizeram testes com grupos de ratos que consumiam uma alta taxa de gorduras. Um dos grupos usava vinagre na dieta o outro água. O grupo que ingeria vinagre ganhou menos peso do que o outro. O estudo ainda é preliminar, mas de acordo com o autor, o vinagre suprime o acúmulo de gordura corporal “ligando” algum gene que oxida a gordura.
Veja o estudo científico da pesquisa aqui no Journal of Agricultural and Food Chemistry


16 de jul de 2009

Interdisciplinaridade – entender para melhor aprender...

Para muitos professores, ainda é difícil compreender e trabalhar em um processo interdisciplinar de reconstrução do conhecimento. Trabalhar de forma interdisciplinar é ter um problema a desafiar professor e alunos, na busca de solução participativa.

A idéia de que a prática interdisciplinar parte de um tema gerador de atividades (e não de um problema a ser resolvido) quase sempre leva à transmissão de conteúdos apoiados em um enfoque temático. O saber e o aprender são considerados como resultantes de um processo de construção socializada. Do ponto de vista da interação grupal, a interdisciplinaridade favorece as abordagens pedagógicas que têm estreitas relações com a realidade e esta, por sua vez, requer o entendimento de totalidade.

Para a escola, um conhecimento específico deve ser relacionado diretamente a uma disciplina, porque quase nunca é pensado de forma contextualizada, ligado à realidade sociocultural. Essa redução do conhecimento a um conteúdo programático, muitas vezes, impede a socialização reconstrutiva do saber de forma interdisciplinar.

A interdisciplinaridade deve assegurar uma dependência recíproca entre diferentes saberes, complementares e inter-relacionados no nível do desenvolvimento cognitivo. Quando propõe uma prática interdisciplinar, o professor entende que:

- O processo de investigação precisa ser participativo.

- A investigação e a interação devem conduzir a um saber novo, reconstruído e reinterpretado, ampliando ou modificando o conhecimento real (aquele já adquirido).

- A investigação ocorre na zona do conhecimento proximal (VYGOTSKY) e requer constante ajuda do professor.

- O problema inicial pode ser apresentado tanto pelo professor como pelos alunos.

A prática pedagógica deve buscar relações e inter-relações entre as diversas partes aprendidas da realidade, sabendo-se que a noção de totalidade é sempre provisória, na medida em que se redefine no tempo e no espaço histórico. O conhecimento é sempre inacabado, mesmo quando retotalizado.

A pratica educativa deve ser em si mesma, interdisciplinar, enquanto se realiza nas diferentes formas de manifestações culturais.

REFERÊNCIA:

MENDES, Rosa Emília de Araújo. Interdisciplinaridade – entender para melhor aprender. Revista AMAE Educando. v.36, n. 314. 2003.

Novas formas de lidar com informações?









A vida de grande parte da população depende de tecnologias baseadas em dispositivos eletrônicos. Na maioria das casas dos brasileiros existe pelo menos um equipamento eletrônico, seja um aparelho de televisão ou rádio de pilhas. Em particular, para ler esta coluna você necessita acessar um computador, equipamento totalmente dependente da eletrônica. Você imagina como equipamentos eletrônicos funcionam?

Quem já abriu um computador, ou mesmo um aparelho de televisão, viu que, no seu interior, existem “caixinhas” soldadas em uma placa cheias de trilhas. É justamente nessas pequenas coisas que tudo acontece.

Para compreendermos melhor como funcionam os dispositivos eletrônicos é importante lembrar que os átomos são constituídos basicamente por prótons, nêutrons e elétrons. Os prótons têm carga elétrica positiva e os nêutrons não possuem carga elétrica. Os dois compõem o núcleo atômico. Para contrabalançar a carga positiva dos prótons existem os elétron, com carga negativa. Estes “giram” ao redor do núcleo atômico. Em alguns materiais, como nos metais, os elétrons podem ser facilmente removidos dos átomos criando uma corrente elétrica.

O princípio de funcionamento dos circuitos eletrônicos é o controle do fluxo de corrente elétrica através dos componentes desses circuitos. Em particular, o processador do computador (o componente mais importante) realiza milhões de operações por segundo para exibir essa página da internet. Como qualquer outro programa que roda no computador uma intricada rede de operações lógicas são processadas através da ativação dos bilhões de componentes que existem no interior do processador. Estes componentes essencialmente funcionam como chaves de ligar/desligar, controlando os fluxos de corrente e tensão elétrica.

Além de processar informações, os computadores também precisam armazená-las. Internamente, todo computador tem um disco rígido que grava as informações, magneticamente. Existem outros dispositivos que são utilizados para gravação, como os discos óticos de CD e DVD, memórias de estado sólido (os chamados “pendrives”) etc. Contudo, os programas principais, como o sistema operacional, por exemplo, são gravados no disco rígido.

Atualmente, existe uma nova fronteira de pesquisa que poderá levar a mais revolução nos computadores. Ela se chama “spintrônica” – a eletrônica de spins.

O spin é uma propriedade que todas as partículas que compõem a matéria possuem. A palavra “spin” em inglês significa “rodopio”. Poderíamos imaginar que partículas, como os elétrons, tenham rotação. Contudo, como foi demonstrado pela mecânica quântica, um elétron (ou qualquer outra partícula elementar do átomo) não pode ser descrito apenas como partícula, mas este também apresenta comportamento como se fosse uma onda. De fato, o spin é uma propriedade que não se compara com nada que existe em nossa volta. Ele está associado com a maneira que os elétrons ocupam os níveis de energia no átomo. Um elétron pode ter o spin “up” (para cima) ou “down” (para baixo). Essa nomenclatura é apenas para diferenciar duas situações. Nos átomos não existe o “para cima” e “para baixo”.

O objetivo da spintrônica é aproveitar essa propriedade dos elétrons. A idéia é controlar um fluxo de corrente em um dispositivo, não somente pela carga dos elétrons, mas também pelo spin. A carga do elétron é afetada pela ação de campos elétricos. O spin é afetado pelo campo magnético. Portanto, poderíamos ter dispositivos mais rápidos e que dissipassem menos energia utilizando o spin propriedade do elétron, pois ação dos campos magnéticos não levam a dissipação de energia quando interagem com o spin, tornando as operações mais rápidas e econômicas.

Atualmente, todos os computadores utilizam um dispositivo “spintrônico”. Todos os discos rígidos, utilizados para gravar os programas e arquivos nos computadores, são acessados por um dispositivo “magnetorresistivo”. A magnetorresistência gigante foi descoberta 1986 na França por um grupo de pesquisadores liderados por Albert Fert da Universidade de Orsay. Fazia parte desse grupo o professor Mario Baibich da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Eles descobriram que um material especialmente fabricado na forma de algumas camadas de átomos de Ferro (material magnético) separadas por um material não magnético tinha a sua resistência elétrica diminuída em quase 80 % quando se aplicava um campo magnético.

A explicação para esse fato é que, quando se magnetiza as camadas de Ferro, facilita-se o fluxo de elétrons com determinado spin. Dessa forma, esse material pode ser usado com um sensor muito preciso para detectar sinais magnéticos. Por essa descoberta Albert Fert e o físico alemão Peter Grünberg (que tinha observado o acoplamento magnético entre as camadas de Fe) ganharam o prêmio Nobel de Física de 2007.

Esse fenômeno rapidamente foi utilizado para construir dispositivos para “ler” informações gravadas nos discos rígidos. Com o advento da magnetorresistência gigante foi possível gravar as informações em espaços cada vez menores (aumentando a capacidade de gravação) e acessá-la de uma maneira mais rápida.

No momento, existe o desenvolvimento de outros dispositivos baseados na spintrônica como uma memória de acesso aleatório magnética (MRAM – magnetic random acesses memory) que substituirá as atuais memória RAM dos computadores. Novos fenômenos estão sendo investigados, como o efeito magnetoelétrico, no qual espera-se obter materiais que exibam as propriedades magnéticas que possam ser controladas por campos elétricos e vice-versa.

O desenvolvimento de novas tecnologias baseadas em dispositivos spintrônicos transformarão profundamente não somente os computadores, mas também outros aparelhos que dependem da manipulação de informação. É difícil fazer uma previsão onde tudo isso poderá nos levar, pois a natureza sempre pode nos surpreender.

AUTOR: Adilson J A de Oliveira
VEJA AQUI...

15 de jul de 2009

VÍDEOS SOBRE ASTROFÍSICA...

Uma série de vídeos produzidos pela ESA para distribuição pública sobre o Hubble Space Telescope, aqui mostro apenas dois capítulos. Isto é uma pequena introdução sobre Astrofísica.

CAPÍTULO 01


CAPÍTULO 02

BENEFÍCIOS DA BICICLETA...

Você sabia?

BRASÍLIA - Você sabia que todo funcionário terceirizado do Senado tem de registrar presença diária num moderno sistema de controle de ponto acionado por digitais? E que os servidores contratados, com estabilidade e salários bem mais elevados, não têm de passar por esse tipo de controle?
Você sabia que, depois da crise no Senado, está faltando vaga na garagem da Casa porque servidores que não apareciam decidiram dar o ar da graça? E que alguns ficam ali, aguardando uma vaguinha, até por uma hora, sem fazer nada?
Você sabia que há TVs de LCD espalhadas pelo Senado com pouca serventia? Uma delas instalada no canto de um corredor, onde ninguém para. Você, com certeza, gostaria de saber o autor da ideia genial de fazer essas comprinhas.
Você sabia que há registro de um servidor, num determinado mês, ter recebido contracheque somando R$ 80 mil? E que muita gente costuma receber contracheques extras sem saber o motivo?
Você sabia que o setor de segurança do Senado conta com 158 funcionários do quadro de pessoal? E mesmo assim contrataram quatro empresas para prestar serviços de... segurança.
Você sabia que há muita gente no Senado louquinha para essa crise acabar logo e não dar em nada? Gente que está se fazendo de morta pelos corredores da Casa e que não quer perder suas boquinhas.
Por fim, você sabia que tudo isso, e muito mais, é bancado pelos impostos que paga ao final de cada mês? E fica irritado em pagar por saber que não recebe de volta pelo menos parte em benefícios bancados pelo governo.
E, no final, ainda tem de ouvir do presidente Lula que nossa carga tributária não é tão alta assim e que na Suécia ela é maior. Se ele nos garantisse os mesmos direitos dos contribuintes suecos e prometesse uma geral no Senado, tudo bem. Mas estamos longe disso.
veja aqui e aqui...

LIVROS DE PIERRE WEIL...

O autor teve a idéia de colocar à disposição do público a versão integral de todos os livros esgotados. Os Livros são os seguintes

Dinâmica de Grupo e Desenvolvimento em Relações Humanas, Itatiaia, 1972

Liderança, Tensões, Evolução - Itatiaia, 1972.

Esfinge: Estrutura e Mistério do Homem - Itatiaia, 1976.

Psicodrama Triádico (com Anne Schutzenbeger) - Interlivros. 1976.

A Neurose do Paraiso Perdido - Ed. Espaço Tempo , 1987

Nova Linguagem Holística - Espaço e tempo. 1987.

Manual de psicologia aplicada - Ed. Itatiaia. 1967.

Ondas a procura do mar - Ed. Agir. 1987.

Holística: Uma Nova Visão e Abordagem do Real - Ed. Palas Athenas, São Paulo, 1990.

Antologia do Êxtase - Ed. Palas Athena. São Paulo.1992.

Livros de Pierre Weil está disponível aqui

14 de jul de 2009

Humor...

- Querido, você me acha bonita?
- Eu não diria bonita, pois se trata de um conceito adotado pelas classes dominantes para classificar animais humanos dentro de padrões de beleza culturalmente pré-estabelecidos.
- Isto que dizer que sou feia?
- Cosmeticamente diferente é o termo mais adequado.
- Mas, você ainda me ama?
- O amor é um sentimento inventado pela burguesia com intuito de subjugar os indivíduo são um único modo de pensar a sociedade, tirando-lhes a razão e o senso crítico.
- E daí?
- Daí, que nutro por você um sentimento de co-participação em interesses de ordem habitacional, econômica e sexual.
- O quê? Quer dizer que você só me quer como faxineira e prostituta?
- Não se diz faxineira e, sim, higienizadora ambiental. E tratar parceiras sexuais alugadas como prostitutas não é politicamente correto.
- Você deve estar louco.
- Emocionalmente fora do padrão.
- Bem que me avisaram que você era um chato.
- Chato não, pessoa interessante de maneira diferente..
- Como fui cega...
- Desprovida de capacidade visual é mais correto.
- Não sei por que casei com você!
- Você não sabe porque se submeteu a uma prostituição oficializada.
- Idiota.
- Pessoa com idéia fixa.
- Pra mim chega! Vou procurar um amante que me queira.
- Você não precisa recorrer a este tipo de relacionamento com padrão não convencional, nós ainda podemos partilhar de uma co-existência saudável como duas pessoas com referências diferenciadas da cultura dominante.
- Prefiro conviver com um lavador de carros a continuar com você!
- Sua preferência em manter uma co-habitação de caráter afetivo com um especialista em aparências de veículos, não lhe dá o direito de comparar opções de meio de sobrevivência alternativo com o meu comportamento que se diferencia dos dogmas do status-quo.
- Ah, por que você não pode ser uma pessoa normal?
- A normalidade é uma convenção imposta.
- Chega, não agüento mais! Quero te ver morto.
- O que você deseja é transformar-me num indivíduo metabolicamente inviável.
Ela pega o revólver que está sobre o criado-mudo, ou melhor, ela pega o revólver que está sobre o auxiliar doméstico oralmente prejudicado e atira no peito dele... Ao vê-lo caído no chão, todo ensangüentado, ela o abraça...
- Perdão, querido, eu sou uma burra!
No último suspiro, ele a corrige:
- Pessoa com uma lógica muito particular...

REVOLUÇÃO FRANCESA....


O tradicional desfile do Dia da Bastilha, que acontece nesta terça, na França, foi marcado pela presença de soldados que retornaram recentemente de missões fora do país. Os militares que atuaram em operações no Afeganistão, Kosovo e Líbano receberam posições de destaque este ano. A festa nacional comemora a tomada popular da prisão da Bastilha, marco da Revolução Francesa, que livrou o país da monarquia.









ALUMÍNIO TRANSPARENTE....

Parece estar se armando uma nova revolução na área de materiais automotivos e de transportes em geral – com óbvias repercussões sobre a indústria de transformação e de construção civil – envolvendo o cada vez mais desafiante alumínio.

Militares norte-americanos já estão testando um veículo equipado com blindagem de alumínio transparente – ou, mais exatamente, de oxinitrato policristalino de alumínio. A força aérea americana também vem realizando testes para verificar a eficácia deste composto em cabines de aeronaves militares.

Esse metal com aparência de vidro, conhecido na indústria como ALONtm, é, na verdade, uma cerâmica transparente cristalizada sobre átomos de alumínio, e seu desenvolvimento inicial deve ser debitado a duas instituições de pesquisa o Fraunhoffer Institute e a Universidade de Dayton, Ohio.

Com alta resistência à compressão, o alumínio transparente é muito mais resistente, leve e fino que o vidro blindado, transmitindo todas essas vantagens para a blindagem de veículos. Nos testes, o material resistiu a tiros com calibre .50, utilizado para derrubar aviões.

Parece coisa de ficção científica? Pois não deixa um pouco de ser. Quem primeiro falou sobre alumínio transparente foi o engenheiro Scotty, no filme Jornada nas Estrelas 4, de 1986. Ele ofereceu a fórmula para um atrasado cientista terráqueo numa viagem no tempo.

O único inconveniente do material é, por enquanto, o preço. Enquanto blindagens tradicionais custam em torno de US$ 4 a polegada quadrada, o ALONtm sai por US $10. Mas esta desvantagem não leva em consideração a durabilidade e a resistência superiores do novo material.

Acredita-se que em breve o alumínio transparente já possa ser disponibilizado para a indústria automotiva, inicialmente para atender o crescente mercado de blindagem veicular. É uma ótima notícia para os processadores de alumínio. Em 2008, apenas o Brasil produziu 6.982 blindados. O estado de São Paulo foi o primeiro no ranking nacional, com 65% da frota.

Essa aplicação consolidará ainda mais a participação do alumínio na construção veicular, que era de 0 kg num automóvel genérico americano na década de 1950 e saltou para 68 kg na década de 1990. Hoje, alguns carros, como o alemão Audi S8, têm a carroceria produzida inteiramente com esse material.

O emprego do alumínio na cabine dos carros terá também influência profunda no design e na economia de materiais. Com ele, as cabines devem passar a ser inteiriças, dispensando o uso das colunas, que tanto atrapalham a visão dos motoristas, e simplificando as linhas de montagem.

Na verdade, o uso comercial do alumínio transparente já começou. Ele está sendo usado experimentalmente em leitores de código de barras em supermercados, devido ao seu alto índice de transparência para luz visível e ultravioleta. Estima-se que em 20 ou 30 anos poderá também ser utilizado para a produção de latas de cerveja e de refrigerante.

VEJA AQUI...


13 de jul de 2009

EXPLOSÃO SOLAR...












ASTROFÍSICA É FÁCIL?....



















Estou fazendo o curso a distância de Astrofísica do Sistema Solar,
a imagem acima diz o quanto é fácil.

veja aqui
.....

11 de jul de 2009

PARA PROFESSORES QUE SOFREM ASSÉDIO MORAL...

ASSÉDIO MORAL

01 – POR QUE A DISCUSSÃO SOBRE ASSÉDIO MORAL?

Não é uma coisa recente, desde 1996, a Organização Mundial do Trabalho (OIT) constatou que mais de 12 milhões de pessoas sofriam com problemas de angústia e depressão, com problemas relacionados ao trabalho. Em 2000, foi publicado um livro a respeito, pela Médica do Trabalho, Margarida Barreto. Hoje já existem Leis que condenam o Assédio Moral, regidas na Constituição Federal (CF) Códigos Civil e Penal, e na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

02 – O QUE É ASSÉDIO MORAL?

É toda e qualquer conduta abusiva: gesto, palavra, comportamento, que atente por repetição, contra a dignidade ou integridade psíquica ou física de uma pessoa, ameaçando ou degradando o clima de trabalho. Na questão jurídica, pode ser considerado como abuso emocional, ou seja: boatos, intimidações, humilhações, descrédito e isolamento. Uma conduta intencional a fim de desqualificar a vítima. Ele pode ser Horizontal, no mesmo grau hierárquico. Vertical, quando em diferentes hierarquias.

03 – EXEMPLOS DE ASSÉDIO MORAL

Advertir os funcionários que reclama dos seus direitos; ameaçar os trabalhadores para não sindicalizarem; fazer boatos maldosos e difamatórios sobre uma pessoa; colocar um trabalhador contra o outro disseminando a desconfiança; oferecer um benefício exigindo uma produção fora do limite; controlar os atestados médicos; controlar o tempo no banheiro; criticar a vítima publicamente; dar ordens urgentes para tarefas desnecessárias; desvalorizar a atividade profissional; dificultar o trabalho;
preconceito sexual, racial ou religioso, com salário diferenciado; estimular o individualismo; discriminação entre os sadios e os doentes; exigir que a vítima faça campanha eleitoral para determinado candidato; fazer brincadeiras ou piadas pejorativas conta a vítima; ignorar a presença da vítima na frente dos outros;
impedir que a vítima converse com os colegas, dentro do local de trabalho; mandar que a vítima faça tarefas fora de sua função para a qual foi contratada; não designar nenhuma tarefa (geladeira); não fornecer ou retirar os instrumentos de trabalho;
não repassar as informações necessárias ao desenvolvimento das funções; obrigar as vítimas a trabalhar nos domingos, feriados, ou fazer horas extras; obrigar a vítima a trabalhar doente; punição pelo não cumprimento das metas; reduzir intervalos de descanso; revistar a vítima na saída do trabalho; sobrecarregar a vítima de tarefas para que não consiga realizá-lo; ter outra pessoa no seu posto quando a vítima volta de férias ou de uma licença médica.

04 – ASSÉDIO MORAL CONTRA AS MULHERES

Impedir mulheres grávidas de sentar durante o trabalho, ou de fazer o pré-natal;
responder perguntas pessoais: se tem filhos ou não, e por quê? Olhar a aparência, decote, cumprimento da saia, voz, postura, se usa batom, perfume, cabelo etc.
pressão para não engravidar, questionar os atestados criticando que não são verdadeiros; controlar o horário no banheiro.

05 – ESTRATÉGIAS DO AGRESSOR

Escolhe a vítima para isolá-la dos companheiros; impede a vítima de se explicar ou expressar; grita, intimida, ameaça constantemente; culpar, responsabilizar e criticar publicamente a vítima; ridicularizar, inferiorizar e menosprezar com calúnias e boatos difamatórios, brincadeiras e piadas maldosas; força a vítima a pedir demissão.

06 – PERFIL DA VÍTIMA

Pessoas com mais de 35 anos; com salários mais altos, honestos; que tem senso de culpa; que não se curvam ao autoritarismo, nem se deixam subjugar, são mais competentes que o agressor; perdem a resistência psicológica com mais facilidade;
portadoras de alguma deficiência; colocar mulheres num grupo de homens, ou vice versa; quem tem crença religiosa ou orientação sexual diferente a do agressor; os dedicados ao trabalho, que não hesitam trabalhar nos fins de semana, ficam até mais tarde, trabalham doentes e fazem trabalho particular para os chefes; mulheres que tem filhos pequenos.

07 – EFEITOS DO ASSÉDIO MORAL

Faz a vítima se sentir insegura, culpada, com uma visão negativa do futuro, reduz a concentração e a memorização, perda de sono, as doenças pré existentes se agravam, o peso aumenta ou diminui exageradamente, causa hipertensão e tremores. Sentimentos de culpa psicológica contribuem para o uso de bebidas e outras drogas, diminuem a capacidade de fazer novas amizades, perda do apetite, pessimismo, depressão, angústia, insônia, isolamento e outros, além de causar acidentes de trabalho.

08 – PREVENÇÃO

Fazer a conscientização em reuniões no local de trabalho e discutir o assunto, é necessário criar um espaço para discussão alertando do problema e das leis que já estão sendo aplicadas. Denunciar ao Sindicato, Delegacias Regionais do Trabalho (DRT) e órgãos competentes.

09 – COMO COMBATER O ASSÉDIO MORAL

Denunciar a existência, anotar detalhadamente as humilhações sofridas, dia, mês ano, hora, local, setor, nome do agressor, testemunhas; procurar apoio dos colegas principalmente das que testemunharam o fato; evitar conversar com o agressor sem testemunhas; exigir por escrito explicações do agressor. Permanecer com cópia, enviar carta ao RH, com AR, (aviso de recebimento), guardando recibo; buscar apoio da família, colegas de trabalho, pois a solidariedade é fundamental para a alto estima, guardar cópias dos atestados médicos que se refere ao sintomas.

10 – COMO ESTABELECER A CAUSA (nexo causal)

Embora o Assédio Moral desenvolvam doenças, as empresas ou estabelecimentos tentam negar a sua existência, sabendo que é difícil comprovar, pois ela sempre ocorre de forma dissimulada, camuflada, como se passasse por c brincadeiras. É necessário saber distinguir, uma situação isolada, ou desentendimento e intrigas nos locais de trabalho. È preciso um diagnóstico preciso antes da denúncia. A ocorrência de fatos, acontecidos antes servem para o começo do diagnóstico, experiência de outros trabalhadores, uma consulta jurídica com o sindicato. O nexo causal (culpa) conhecido, é o motivo de denunciar. Formular requerimentos administrativos, pedindo providências; Solicitar a instalação de processos disciplinares para apurar a responsabilidade, Por último ajuizar ações, formular denúncias ao Ministério Público e do Trabalho ou ajuizar Ação Civil Pública ou ações coletivas e indenizatórias.

11 – LEGISLAÇÃO

Dano Moral – atinge a honra da pessoa, seu nome, a liberdade, a intimidade, auto estima, crenças políticas e religiosas e o apreço que goza de terceiros.
Assédio Sexual – pedido de favores sexuais pelo superior hierárquico, com tratamento diferenciado ou ameaças, atitudes de represálias como perda do emprego ou benefícios previsto no Artigo 216 do Código Penal.
Assédio Moral – Exposição de trabalhadores e trabalhadoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções. Uma ação destinada a expor a vítima ao sofrimento psíquico, físico ou moral, podendo levar à incapacidade laborativa, doenças ocupacionais e até a morte.

Constituição Federal – Artigo 1º, Artigo 5º, artigo 6º, Artigo 7º, Artigo 37º§ 6º.
Código Civil – Artigo 11, 12 e 186. Artigo 402 e 427.
Código Penal - Artigo 132, 138, 139, 140, 146, 147, 213, 461§ 5º.
CLT – Artigo 482, 483.